Temporada de Inverno (2014) – Cadê os bons animes ?

Untitled-1

Primeiro de tudo faz tempo que não faço um post de temporada, normalmente esse post seria apostando no escuro, mas passou do prazo e os animes já estão em andamento e alguns prestes a serem lançados e honestamente falando, provavelmente apostaria nos únicos quatro animes que vou falar agora. Já faz um bom tempo que não acompanho anime nenhum de nenhuma temporada, o motivo nem se deve a falta de tempo e sim a falta de paciência para animes com as mesmas fórmulas sem nada de diferente a oferecer.

Não assisti nenhum outro anime a não ser esses dos quais vou falar, nem mesmo o Nisekoi (apesar de todo hype). Assisti somente aqueles que sinopse me chamou atenção, tirando Pupa. Vamos começar, deixarei as minhas primeiras impressões do anime e uma breve introdução do que esperar de cada um.

2847095dd4d8592c671cb641799aff391388411222_full

Primeiro de tudo, só eu sei como foi difícil fazer uma lista com apenas quatro animes por incrível que pareça essa temporada está um lixo. Se alguém achou algo verdadeiramente bom por favor deixe sua recomendação.
Tonari no Seki-kun: É um anime de comédia com dois personagens principais Seki-Kun (que leva o nome do anime) é um garoto que fica inventado maneiras diversas – e inusitadamente criativas – de se distrair durante as aulas, ao invés de prestar atenção na aula. E Yokoi que senta ao seu lado observa tudo e fica alertando-o para não fazer isso durante a aula.
Opinião: Alguns animes dessa temporada tiveram o tempo reduzido e graças a Deus que isso aconteceu, meu cérebro não aguentaria mais de 8 minutos assistindo a esse anime. Bom o anime todo gira em torno da sala de aula com Yokoi não prestando atenção na aula porque está prestando atenção e cuidando da vida de Seki-kun que apenas faz coisas divertidas e mirabolantes durante a aula sem ser pego. O interessante é ver a comunicação entre os personagens, Yokoi decifra absolutamente tudo que Seki expressa (só assisti a um episódio e o personagem não falou nada). A maior lição a se tirar desse anime é: Pare de cuidar da vida dos outros. Afinal Yokoi sempre acaba levando bronca e com Seki não acontece nada e isso a deixa bastante irritada, o anime provavelmente vai se virando com situações mais inusitadas e “engraçadas”

O anime é do manga com mesmo nome, lendo uns comentários nem decidi ler para acrescentar algo a esse texto porque não tem muito o que acrescentar. Produzido pelo Studio Shin-Ei Animation.

hamatora

Hamatora: Uma agência de detetives, cujos membros são “minimum holders” (humanos com poderes) é contratada para investigar um caso de assassinato cujo culpado pode ser um “minimum holder”.
Opinião: O único anime com duração normal e eu me pergunto como pude cair na tentação de dar uma espiadinha nesse anime. Pois bem, no primeiro momento em que comecei a assistir me senti assistindo ao anime mais sem pé nem cabeça e inevitavelmente irritante: [K]. Gente porque tudo tão colorido de uma forma que chega a me dar angústia? E quando os Minimums usam os poderes, pelo amor o que é aquilo? Sem descrição, mas vou falar rapidamente sobre o anime. Poucas pessoas no mundo nascem minimum holder ou seja com poderes especiais que são ativados por algum fator, o personagem principal precisa de música para ficar forte como outro membro da agência precisa de energia elétrica. Somos apresentados aos personagens da agência e ao Art ( um personagem que trabalha na “polícia” e investiga casos com ajuda dos Minimum da agência Hamatora). Hamatora só trabalha em dupla e assim pegam casos para ganhar dinheiro e viver, mas também existem Minimum do mal (o que eles acabam enfrentando no decorrer dos episódios conforme vão desvendando os mistérios). O anime tem um mistério que não é tão misterioso assim, mas da pro gasto. Sinceramente são tantos personagens “apresentados” que não consegui nem gravar o nome do personagem principal. A cada episódio se desvenda um mistério e surge outro, não duvido nada que terá uma segunda temporada.

O anime é original e produzido pelo Studio Naz, com ação e comédias forçadas.

30541-pupa

Pupa: Depois de ver as borboletas vermelhas, estes dois irmãos se infectaram com um vírus conhecido como Pupa. Este vírus sofre mutações no organismo humano tornando-os monstros insaciáveis​​, buscando apenas para se alimentar de humanos. Yume sucumbe aos efeitos totais do vírus Pupa, pode voltar a forma humana e Utsutsu, em vez de se transformar em um monstro, ganhou poderes regenerativos.
Opinião: Com certeza o anime mais esperado dessa temporada, não vou mentir que fiquei extremamente decepcionada com a duração de apenas quatros minutos. Sinceramente o anime é só uma jogada de marketing para o manga, o anime começa meio do meio para o final e ainda rola flash back. Quem leu o manga deve ter entendido mais ou menos o que o anime quis dizer, mas e quem não leu? Vou continuar assistindo independente das poucas falas, do fundo do anime parecer aquarela e a trilha sonora que instigar uma tensão/medo/horror que não existe.

O anime é originado do manga que possui apenas dois volumes e produzido pelo Studio Deen. Você pode ler o manga aqui.

20Bd4IWl

O achadinho dessa temporada, digam se não é a cópia de Higashi no Eden ?
Mou Hitotsu no Mirai wo: É um ONA (Original Net Animation) sigla usada para animes que são lançados diretamente na internet. No laboratório de P & D KDDI, onde os cientistas estão criando um telefone que pode chamar o futuro, mas um incidente ocorre quando eles estão usando o telefone.
Opinião: Na verdade esse anime não é dessa temporada, mas suas supostas sequencias serão lançadas durante a temporada de inverno, então decidi encaixar aqui mesmo. Cada episódio tem duração de oito minutos e tem a introdução de uma robô ou boneca chamada Fyuuta falando sobre o projeto da  empresa A.U.F.L e no final do episódio a mesma fala sobre suposições para o outro episódio. Acredito que isso se deve ao formato produzido para internet, que por sinal deu banho em qualidade se comparado com muitos animes. No primeiro episódio temos a apresentação dos personagens principais Rido Daisuke e Mizue, eles foram selecionados para o projeto em andamento que permite se comunicar com o futuro no mesmo espaço de tempo ou seja, mesma hora, mesmo dia para que não interfira no futuro. Não vou falar muita coisa que qualquer coisa mais que isso é spoiler. Mas a premissa é bastante interessante, os personagens de fato se parecem com os de Higashi no Eden (acho que provavelmente a pessoa que desenho um fez o desenho do outro), mas tirando isso achei até a personalidade dos personagens parecidas, pode ter sido impressão, o fato é que nenhum dos animes tem relação um com o outro.

O anime é original, e não tem muita coisa sobre ele na internet então pesquisando no MAL achei a staff com direção e roteiro de Kamiyama Kenji e produzido pelo Studio Production I.G. Ao todo serão três episódios, mas não se sabe quando irão sair os próximos.

Então esses foram os únicos animes que conseguir ver, continuarei a assistir Pupa e vou esperar o lançamento dos próximos episódios de Mou Hitotsu no Mirai wo. Você pode visualizar a lista de todos os animes dessa temporada de inverno 2014 aqui. Se acharem algo extraordinariamente bom, não se esqueçam de me recomendar.

Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Anime, Primeiras Impressões

4 Respostas para “Temporada de Inverno (2014) – Cadê os bons animes ?

  1. Saudações

    Permita-me discordar um tanto de você, jovem…
    Faz anos que não vejo uma temporada de janeiro tão proveitosa como esta. E quando falos anos, me refiro a um período em torno de 2010 para cá, sem medo de estar errado…

    Sem entrar em deméritos e afins, há no mínimo oito animes que realmente recomendo desta temporada. Além do por ti citado Tonari no Seki-kun (que é excelente mesmo), estou acompanhando Silver Spoon 2 (que dispensa maiores apresentações), Nobunaga the Fool e Nobugagun (ambos falam do grande e histórico japonês Nobunaga, mas com linhas de ação bem diferentes), Sakura Trick (o shoujo-ai escolar da temporada), a comédia romântica Nisekoi (e a Shaft ousando trabalhar em um gênero no qual ela raramente atua), o popular Space Dandy (cujo primeiro episódio detestei, muito embora o segundo tenha sido um pouco melhor) e Toaru Hiiushi no Kouta (o romance da temporada).

    Outros tantos estou à assistir, muito embora eu tenha dúvidas sobre seus prosseguimentos. Um deles é Pupa, o qual a chamada para sua curta duração não me surpreende (já haviam anunciado isso em novembro’2013, mais ou menos). A segunda temporada de Chuunibyou, Hamatora, Wooser II e Saki II seguem às suas formas sem apresentar, até aqui, algo que tenha me cativado na verdade. O mesmo vale para Wake-Up Girls e Wizard Barristers.

    Provavelmente alguns destes ficarão pelo caminho de minha parte mas, no que tange a um mês tradicionalmente ruim como janeiro, a premissa está sendo muito melhor (para mim) do que nos anos anteriores.

    Até mais!

  2. Eu tentei ver Nisekoi, mas não curti.
    Space Dandy é divertido, tem uma ótima trilha sonora. Mas a história não é muito objetiva.
    Pupa foi tão decepcionante que eu já droppei :v

  3. Odiei com todas as forças Pupa, aah.. eu adorei Tonari no Seki-kun e Hamatora..
    Mas essa temporada tem outros bonzinhos.. tipo Space Dandy e Nisekoi. s

  4. Larissa, li o seu post há algum tempo e resolvi dar uma olhada nesses animes, já que nenhum estava na minha lista de animes que eu assistiria. Sinceramente, Pupa foi a maior decepção pra mim… Enfim Larissa, li o seu email e vou te adicionar aos meus links de parceiros! Espero que possamos nos dar muito bem! Um abraço ~

Comentem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s