Comentários: Psycho-Pass #21 – Bloodbath, Yes!

Psycho-Pass - 21-19[2]Pela terceira vez tentando dar início ao texto, ao parágrafo inicial e nada. É muita emoção para um episódio só e milhares de teorias sobre o fim. Gente o que foi isso? Ok, todo mundo já sabia que alguém iria morrer, mas ainda não estava preparada psicologicamente pra uma cena de pai e filho com direito a palavras de afeto, resultado: CHOREI MESMO.

Makishima: Jesus lhe disse uma outra parábola: O reino dos céus é semelhante a um homem que semeou boa semente em seu campo. Mas enquanto os homens dormiam veio um inimigo dele, e semeou joio no meio do trigo e retirou-se.

Uma referência biblica em Psycho-Pass vindo de Makishima, não poderia ser diferente. Todo mundo já ouviu o ditado popular “é preciso separar o joio do trigo” isso porque ambos são muito parecidos e podem ser falcilmente confundidos, só que o joio lógicamente é venenoso e compromete todo o trigo.
Essa referência de Makishima no Evangelho segundo Mateus, se refere as pessoas boas e más.

Parábola: O reino dos céus é semelhante a um homem que semeou boa semente no seu campo; mas, enquanto os homens dormiam, veio o inimigo dele, semeou o joio no meio do trigo e retirou-se. E, quando a erva cresceu e produziu fruto, apareceu também o joio. Então, vindo os servos do dono da casa, lhe disseram: Senhor, não semeaste boa semente no teu campo? Donde vem, pois, o joio? Ele, porém, lhes respondeu: Um inimigo fez isso. Mas os servos lhe perguntaram: Queres que vamos e arranquemos o joio? Não! Replicou ele, para que, ao separar o joio, não arranqueis também com ele o trigo. Deixai-os crescer juntos até à colheita, e, no tempo da colheita, direi aos ceifeiros: ajuntai primeiro o joio, atai-o em feixes para ser queimado; mas o trigo, recolhei-o no meu celeiro.

Psycho-Pass - 21-21[2]Makishima Shougo consegue sempre despertar o mais puro instinto das pessoas, na verdade ele liberta tudo aquilo que elas viveram reprimindo. Voltando aos primeiros episódios rapidamente, quando percebemos que havia somente uma pessoa por trás de todas as mortes iniciais do anime, todas as pessoas que ele usou como “peças de xadrez” para chegar ao seu real objetivo, na realidade ele nunca influenciou ninguém porque ele não tem esse poder, ele simplesmente abria a mente dessas pessoas e possibilitava caminhos para que elas pudessem fazer tudo aquilo que sempre reprimiram, cada pessoa que Makishima usou tinha uma perspectiva de vida, ordem e visão do mundo diferente.

De fato esse episódio foi um pouco previsível, na verdade Psycho-Pass ficou previsível depois de alguns episódios mais precisamente depois que descobrimos o que era o sistema Sibila. Mas isso não tira o mérito de PP, porque mesmo “previsível” ainda é capaz de ter uma carga emocional muito forte, então fica elas por elas.
Finalmente tivemos um momento climax de novo, porque olha já estava mais do que na hora do encontro entre Kougami e Makishima X Akane.

Psycho-Pass - 21-4Um lugar tão grande continuar funcionando automaticamente sozinho sem falhas (isso nunca vai acontecer na vida real). Quanto maior o lugar mais visado, reparem que o lugar em si não tem uma segurança muito forte e olhe que falamos do sustendo de uma nação inteira, isso se deve ao fato do sistema Sibila achar que contém e detém todas as pessoas e poucas realmente sabem a verdade, então não precisa de reforços. Mas ninguém contava com a astúcia do Shougo.
Kougami, Makishima e a primeira divisão todos no mesmo lugar, claro que isso não iria dar certo. Akane se “gabando” porque conseguiu chegar lá a tempo de deter o Makishima, será que realmente ela estava tão preparada quanto pensava ? Sim, realmente ela estava ali disposta a tudo, carregando o fardo do mundo sozinha e ainda por cima queria salvar o seu “amadinho” Kougami. Ela planejou, negociou com Sibyl, estava disposta a deter o Makishima, mas um pequeno erro de cálculo acabou com uma vida.

Psycho-Pass - 21-24[2]A morte do Masaoka era mais do que esperada por todo mundo, se não ele o Ginoza mas com certeza um dos dois iria morrer. Alguém tinha que morrer para dar carga emocional nos telespectadores e nos personagens.
Lembro que cheguei a comentar em um outro post que o Masaoka se dava melhor com o Kougami porque era mas fácil entender as pessoas do mesmo lado que você do que entender as pessoas que estão do outro lado. E foi justamente isso que o Masaoka deixou claro em seus últimos minutos de vida, que ele nunca quis o futuro dele para seu filho na realidade ele prefiriu manter “distância” para que não visse seu filho afundar assim como Kougami. Nesses últimos momentos do Masaoka podemos perceber que ele sempre amou o Gino.

Psycho-Pass - 21-23[2]Gostei mesmo foi de ver o Shougo levando uma surra do Masaoka, tava pensando que o velho não sabia mais lutar é, se deu mal, mas verdadeiramente falando quem se deu mal não foi ele. Vou confessar que o Shougo reflete a verdadeira alma da humanidade. Um homem escroto, sem escrúpulos e com um amor por si mesmo inigualável acima dele não existe nem Deus, acima dele está ele mesmo e só. Quando Masaoka pergunta se ele vai explodir eles dois e ele responde: você acho que faria uma coisa tão idiota e olha pro Gino preso nos destroços e joga a bomba. Caralho, não senti um pingo de raiva do Shougo, me emocionei com a cena entre pai e filho do Gino e o Velho, mas não senti ódio do Shougo por ter matado alguém, ele fez isso em tantos outros episódios uma pessoa a mais outra a menos. Ele só mostrou novamente que entre a vida dele e a de alguém a vida dele sempre vai está em primeiríssimo lugar, ato muito humano por sinal.
Gostei de ver o Ginoza dando ordens para não soltar ao seu pai mesmo sendo impossível que ele obedecesse tais ordens, acho que Masaoka não se perdoaria se deixasse seu filho morrer na sua frente sem ter feito nada. Voltando a cena do Gino saindo dos destroços arrancando seu braço, sem senti um pingo de dor sem se importar em perder o braço somente para falar com seu pai. Não resisti e lágrimas cairam dos meus olhos.
Ginoza: PAIIII, porque, porque ?
Ver o olhar do Gizo para o Kougami, praticamente implorando por ajuda sem acreditar no que via bem na sua frente. Ali ele perdeu todas as estribeiras, ali ele abriu seu coração e mente, agora é esperar para ver o que será dele no próximo episódio. Ele ainda vai querer levar Makishima vivo ? Devemos esperar um Gino menos razão e mais emoção? Meu voto é sim.

Psycho-Pass---21-262Kougami como é que você me erra um tiro seu %POW#@. A batalha entre Kougami e Makishima já era também esperada para esse episódio, esperava sinceramente um diálogo mais bem elaborado, uma luta que nem o episódio 16, mas no próximo episódio teremos facas, então não fiquei muito triste.
Shougo: Você é tudo que eu queria que fosse.
Kougami: Pare de arrogância. Não a nada de excepcional em você.
Você apenas não pode suporta a solidão!
Shougo: Quem não está sozinho nessa sociedade ?

Trechos da conversa entre Kougami e Makishima, podemos perceber que não se trata apenas de estar sozinho ou não, o nome sociedade em si já fala que viver em comunidade é depender e socializar uns com os outros. Mas Makishima diz: que o sistema coloca cada um em cela e os acalma e adestra. Assim acabando com aquilo que chamamos de sociedade, mas apenas ele tem esse visão do mundo, para os outros que estam dentro da cela, há sim uma sociedade, interação e uma boa vida.
Só que Makishima nunca foi posto em nenhuma cela, então ele consegue ter uma visão mais ampla de tudo diferente de Kougami que começou a se “libertar” agora. O diálogo simples e sem muitas referências não foi ruim, foi direto ao ponto, mas o custume de pensamentos filosóficos na série me fez sentir um pouco de falta disso.

Psycho-Pass - 21-6Akane demorou mas percebeu que deixou passar alguma coisa importante mas já era tarde, o episódio terminou com ela correndo -lerdamente- particulamente nesse episódio ela teve um papel fundamental, além de ajudar o Kougami, ela ajudou toda equipe a chegar mais rápido ao local do “crime” só que ainda falta muito pra Akane chegar no nivel do Kougami. Na verdade ela está em grande conflito entre salvar o Kougami e prender o Makishima, quando chegar o momento do xeque-mate tenho certeza que ela ainda ficará na dúvida de como agir.
Comentários Finais: Gen sempre dá Makishima as coisas mais interessantes para dizer o tema dessa semana foi: Isolamento. A questão aqui é que a sociedade moderna tem se tornado obsoleto a comunidade, todo mundo é sozinho. Ele certamente se aplica ao elenco da série – Akane é que demorou a perceber que não existia de fato “sociedade” temos  a estranheza singular que Makishima e Kougami exemplifica o “lobo solitário”. História  de Gen sugere um final que requer alguém para mártir-se à causa maior, agora quem seria essa pessoa? Agora é esperar pelo fim, até semana que vem.

                                                       Teorias Criativas

Li algumas coisas sobre como poderia ser o final de Psycho-Pass e condordei com muitas delas. Como por exemplo a morte de Kougami pelas mãos da Akane, não porque ele quis mas porque o sistema mentiu para ela dizendo que a arma não estaria em modo letal mas estava e sem querer ela mata o Kougami. Como Kougami conseguir matar Shougo, só que antes Shougo tinha envenenado a faca que usava e assim Kougami acaba morrendo logo em seguida. Eu acho que eles não vão conseguir finalizar a obra por completo em um único episódio, se conseguirem Gen é realmente um filho da p*** porque é muito difícil ele conseguir da foco em duas coisas, no sistema e em Makishima. Sem esquecer que ainda temos a Akane e o Gino, então o último episódio poderia ser aberto deixando a possibilidade para uma segunda temporada mesmo que menor, para ter uma conclusão fechada e limpa. Voltando as teorias criativas para o final de PP. Acho que seria legal a Akane morrer pelo Kougami e matasse o Shougo e passando a perna em Sibyl. Temos a opção do Ginoza finalmente fazer alguma coisa útil e ajudar a matar Makishima. Uma coisa é certa que aconteça, o final não será feliz. E por fim gostaria de deixar aqui o final perfeito para Sibyl, Shougo ter conseguido envenenar a plantação, o sistema ter que abrir as suas defesas e assim o próprio povo começar a perceber as coisas a sua volta, isso aconteceria porque eles voltariam a ter contato com pessoas de fora. E finalmente o sistema não funcionaria pra nada e assim aos poucos ele deixaria de tomar o controle e com o tempo já seria inítil. Ou talvez as coisas não funcionem assim, poderia surgir uma onda de assaltos e violência que faria o povo pedir que tudo voltasse a ser como antes e nunca haveria a queda do sistema.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Anime, Comentários

Uma resposta para “Comentários: Psycho-Pass #21 – Bloodbath, Yes!

  1. Foi um otimo episodio, criou uma expectativa enorme para o ultimo episódio. Gostei da Akane nesse episódio, essa lado mais frio e confiante ficou bem nela. Já imaginava que o Masaoka iria morrer para fazer com que o Ginoza cresça de uma vez. Agora é só esperar pelo fim do duelo entre o Kogami e o Makishima e ver como cairá o sistema. Não me surpreenderia com a morte da Kunizuka e do Makishima.

Comentem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s