Comentários: Psycho-Pass #19-20 – Caminhando para o fim

PSYCHO-PASS - 19 - Large 30Então primeiramente queria pedir desculpa por não ter escrito sobre o episódio 19 a tempo, tiveram muitos imprevistos. Então esse post será longo pois teram os dois episódios.

Ver o Ginoza à beira de se tornar um criminoso latente, algo que ele sempre teve maior repulsa e medo. Estranhamente me é feliz, perceber que nessa reta final ele não adiquiriu “talento nenhum” – referência ao faro de detetive – e ainda por cima quase se tornar um criminoso latente só pos stress, é pesado demais ver que ele não abriu sua mente, ainda quero ver se nesses 2 episódios finais o Ginoza não vai tomar rumo, entre finalmente entender o que acontece a sua volta ou fechar os olhos de vez. Esse meio termo vai acabar com ele, e ainda o tornando inútil.

Esse episódio foi um pouco lento sem as referências do Makishima, me fez perceber que a grande estrela de Psycho-Pass realmente é ele. Gostei do flash que deram com ele, no momento em que o Kougami imaginava o que ele falaria e faria, demonstrou que o Makishima na realidade não é tão indecifrável assim quanto aparenta.

Voltando ao Ginoza que foi até bem explorado nesse episódio, conseguimos notar que ele sente “solidão”, no sentido de que somente para ele proteger Sibila é importante, o que não verdade não deixa de ser verídico. Tanto seu pai quando Kougami, prefiriram o lado “heroico” consequentimente o lado que Ginoza acha mais fácil, se tornar criminoso e conseguir resolver tudo como bem entende ignorando o fato de que pode ser morto, tudo isso pelo simples prazer de fazer algo que realmente gosta. Claro que existe controversas, mas basicamente ele se sente excluído.

A verdade é que Urobuchi Gen está fazendo uma série que aponta diretamente para o coração da identidade nacional japonesa, nada menos e nada mais. Há elementos de sociedades mais abertamente restritivas como a Coréia do Norte no cenário, especialmente quando se fala em produção de alimentos, mas isso é apenas Gen dizendo que a diferença é apenas uma questão de grau. O que Gen fez foi unir um pouco do passado com o presente, ao mostrar um país xenofóbico na realidade mostrou um Japão antigo que na ficção do anime é contemporâneo, atualmente seria se não tivesse existido a era Meiji.
O fato é que o Japão de Psycho-Pass é um país conpletamente isolado. Imaginem viver sem contato com outras culturas e pessoas ? Isso é o que fortalece o sistema, a falta de contato com pessoas estrangeiras, as pessoas de um mesmo país adquirem um mesmo comportamento sendo mais fácil controlar as pessoas. O fato do país comer o mesmo tipo de “grão” que abastece a nação, de novo mostra mais um ponto cego do sistema. Na verdade depois desse episódio percebi que conseguiram um país não só idependente como sustentável, seria esse o sonho de qualquer nação. Mas como o governo conseguiu essa proeza ? Porque inevitavelmente o país precisaria de um base financeira muito boa, países aliados e além de tudo isso conseguir manter esse total isolamento, onde nada entra e nada sai. Só pensei que seria legal mostrarem como isso tudo foi construído e não como é mantido.

Cada personagem tem cumprido seu papel Makishima beirando a perfeição andando sobre a cabeça de todos, Kougami lutando para destruir o mal (Shougo) e Akane inocentemente foi a escolhida do sistema. Espera inocentimente ? Claro que não.
A princípio pensei que fosse Makishima que tivesse revelado o segredo a Akane, depois de assistir novamente percebi que era o próprio Sibila que estava desesperado precisando de uma ajudinha interna.

Comentários Finais: Makishima é realmente perigoso e um assassino em série – não é um anarquista no sentido convencional, como Saiga diz, mas, certamente, um rebelde de primeira ordem. O problema, porém, é que, na visão de longo prazo, é difícil imaginar que o país não seria melhor se ele conseguisse. Kougami e Saiga são homens interessantes, mas eles estão lutando a luta errada pelas razões certas – e essa desconexão é um dos elementos mais interessantes que Gen tem anexado a Psycho-Pass. O que parece ser a conclusão previsível é que a Akane, vai acabas sendo a destruição de Sibila. Que certamente tem sido um ponto de vista indicado por meses – de que ela seria a queda de Sibila do interior, sendo uma “quase” Makishima com capacidade de confundir o sistema, sem toda a matança “desagradável”.

PSYCHO-PASS - 20 - Large 07Poxa, Akane acho que você devia ter dado um ataque histérico, dado a louca, ter saído correndo entre os cérebros. Só esperava, de novo, mas ação. Mas nem por isso esse episódio 20 foi ruim, muito pelo contrário me deixou ainda mais ansiosa pela volta “glóriosa” do Makishima. Aguardando a luta do Makishima e Kougami.

Será que é realmente tão fácil prever o passo que um “criminoso” vai dar ? Em Psycho-Pass é. Novamente Kougami acerta na mosca qual seria o próximo passo de Makishima, que voltou nesse episódio sem muitas referências de grandes nomes da literatura.
Akane ser o destaque nessa semana e na semana passada, vêm nos mostrando que ela não é somente uma meninha moe (piadinhas a parte), mas sim uma verdadeira guerreira que tem um incrível senso de justiça e coerência, aparentemente o que ela fez nesse episódio para alguns ficou ilógico, pois, ela seria a pessoa mais vulnerável se soubesse como Sibila funciona, mas ao mesmo tempo durante toda série ela foi mostrada de forma resistente a fortes emoções, assim tomando sempre as decisões mais coerentes cabíveis a situação e nunca se “desviando” de Sibila.

Akane: O Kagari morreu aqui ? Vocês o mataram ?
Sibila: Nós comparamos e consideramos as contribuições que o Kagari Shuusei faria para a sociedade durante sua vida, contra o risco dele revelar o segredo do sistema Sibyl e decidimos que os riscos superavam os benefícios.
Akane: Não seja ridicula!  Quem são vocês para decidir o valor dele ?

A pergunta mas lógica seria essa, quem são vocês criminosos, pessoas horrendas, como vocês devem decidir quem morre ou quem é bom ou ruim ? A questão é simples as coisas são assim, por meios de dados mentais unidos com o mesmo objetivo decidem, quem vai ou quem fica. Que nem aquele ditado: Várias cabeças pensam melhor que uma.

Sibila: Nós podemos confiar a adiministração do sistema para aqueles que se desviam dele.

Praticamente dizendo vou tornar todos os bandidos que se desviam da lei presidentes da república, darei a eles cargos importante no governo. Sinceramente é isso que vem acontecendo atualmente no nosso Brasil, colocar um homofíbico e racista a frente da Comissão de Direitos Humanos. O que eu quero dizer com isso é que: Psycho-Pass não é totalmente alucinado, ele lida com questões recorrentes ao nosso dia-a-dia que as vezes nem notamos. Coisas como a Ditadura só aconteceram porque as pessoas de forma indireta ajudaram, como acabou quando o povo percebeu o poder que tinha.
O sistema Sibila vai cair isso é um fato, agora basta saber se será com a ajuda do povo ou Akane, Kougami e companhia vão lidar com tudo sozinhos.

PSYCHO-PASS - 20 - Large 24Já perceberam que Makishima sempre está acima das pessoas ou então olhando-as sempre de cabeça erguida, peito estufado e nariz empinado. Sempre tem uma luz de fundo para iluminar seu rosto, isso são formas de mostrar o Makishima como um “Deus”, tenho muito essa sensação de que as vezes não querem colocar ele como vilão e sim como um libertador do povo. Na realidade em parte é verdade, mas se lembrarmos que para ele a questão mais importante não é realmente a libertação do povo e sim sua libertação própria, onde ele se veria longe de “algemas” e poderia realmente analisar o ser humano, agindo e pensando por conta própria.

Kagari: Você poderia ter se tornado o que quisesse. Podia ter escolhido qualquer tipo de vida. Você até pensou sobre isso, certo ? É incrível. Você é como os velhos que viveram antes da criação de Sibyl.

O flash que a Akane teve com Kagari foi o melhor de todos, na verdade na fala dele, ele se refere a tudo aquilo que ele sempre quis ter mais nunca pode. Ele nunca teve desejos próprios assim como as pessoas que não são consideradas criminosas latentes. A questão é, que enquanto para uns isso é benéfico aceitar tudo que é dito e fechar os olhos para os outros como Kagari e “toda escária” que Sibila determinou que não eram pessoas “boas” não tem esse mesmo direito.
Na verdade no mundo nunca houve igualdade, as pessoas perseguem essa tal de igualdade como perseguem Jesus…
O ser humano é egoísta e mal, institivo talvez ? Não sei. A questão maior é que enquanto a maioria estiver satisfeita, essa maioria nunca vai validar a opinião da minoria (escória) por que ? Porque a escória deve mudar para se adequar a sociedade, espera, quem impôs as regras dessa tal “sociedade” ? As pessoas no mundo de Psycho-Pass não questionam, nunca. As que questionam logo se tornam válidas para se tornar criminosas, enquanto outras não se preocupam em questionar porque não é necessario.

Em mais um dos flashes da Akane, buscando compreender a si mesma e tudo que está a sua volta.

Shougo: Eu acho que as pessoas só têm valor de verdade quando agem de acordo com suas próprias vontades.

Em partes concordo com ele, conviver uma pessoas sem opinião própria, sem desejos ou ambições e realmente chato. Agora levando o que ele falou ao pé da letra e tenho certeza que ele quis dizer isso, se qualquer pessoas quiser agir por vontade própria e quiser matar o chefe, ela tem uma opinião, motivos, vontade e provavelmente alguma razão pessoal. A questão “x” é que existem os limites em qualquer civilização – tais como leis, colégio, governo e a própria sociedade- justamente para impedir esse tipo de coisa, mas para Makishima isso não deveria exisitir, os seres humanos tem que ser livres (loucos).

Friedrich Nietzsche: Se minhas loucuras tivessem explicações, não seriam loucuras.
(Foi um filósofo do século XIX)

Comentários Finais: Akane finalmente mostrando que é uma verdadeira detetive, claro que com a ajudinha do Kougami. Enfim nesse episódio difinitivamente Akane esteve no comando e espero que continue assim, quero ver se nesses dois últimos episódios ela desenvolve mais do que nesses 20. Ginoza notando a semelhança entre Kougami e Akane, me pareceu tipo: Ela está me lembrando alguém, mas poxa todo mundo consegue ser um bom detetive menos eu.
Na verdade tenho muitas especulações do que vai acontecer nesses dois episódios finais, de algumas coisas tenho certeza: Terá morte de um pergonagem importante, um bate papo filosófico entre Kougami e Makishima, uma troca de olhares entre Akane e Kougami. Recentimente comecei a pensar que Psycho-Pass poderia ter uma segunda temporada ou então dizer tudo que ainda falta ser dito nesses episódios finais e por favor comece a ação e muito sangue. Também comecei a cogitar uma segunda temporada, mas acho difícil que aconteça.

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Anime, Comentários

Uma resposta para “Comentários: Psycho-Pass #19-20 – Caminhando para o fim

  1. Esses 2 episódios foram épicos, o 19 foi incrivel com essa análise do Makishima feita pelo Kogami e o Saiga, e reforçaram que o Makishima é um dos personagens mais interessantes e complexos que aparecem em algum anime em anos, a sua percepção do mundo e a critica que o autor do anime faz a sociedade atual é algo de se admirar. O Ginoza mostrou o quanto é limitado e acredito que ele num fará mais nada até o fim do anime, se não morrer até lá, só esperava mais da Kunizuka.
    Enquanto no episódio 19 estava mais devagar que tartaruga, no episódio 20 a Akane realmente mostrou que não é limitada quanto o Gino e nem deu chilique ao ver a verdadeira aparencia de sistema. Gostei muito dela nesse episódio, principalmente nos flashbacks, em especial no qual conversa com o Makishima. Percebo que com o desenrolar do anime não só o Kogami como a Akane acabou uma certa semelhança em certos aspectos com o Makishima, esse questionamento referente ao destino ser decidido pelo sistema Sibila, pode ser estranho mas é o que vi. E realmente o Makishima tem essa aura meio divina, achei que eu que tava vendo coisas.

Comentem

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s